Recomendações para dumpers equipados com motores Agrale M790

A – LUBRIFICAÇÃO:

TRANSMISSÃO

. óleo lubrificante de caixa de câmbio: SAE -90- sem detergente, troca cada 1.000 horas de trabalho.(2 lts)

. óleo lubrificante da caixa redutora : SAE-90 sem detergente, troca cada 1.000 horas de trabalho. (1 litro)

. óleo lubrificante do diferencial : SAE-90 sem detergente, troca cada 1.000 hs de trabalho.(1.5 lts)


MOTOR

    VISCOSIDADE E TIPO DE LUBRIFICANTES:

      Temperatura ambiente

      óleo HP

      De l5o. C até 25o.C

      SAE 30 (Mil L 2104B)

      Mais de 25o. C

      SAE 40 (Mil L 2104B)

    TROCAR CADA 80 HORAS.

    . Ao trocar o óleo lubrificante, limpa-se ao redor do bujão de enchimento, antes de retirá-lo, a fim de evitar-se a entrada de sujeira no cárter.

    . Após escolhida uma marca de óleo lubrificante, use sempre a mesma.

    Nunca coloque o óleo acima do nível máximo, nem abaixo.

    . Complete o nível sempre que for preciso. O excesso de óleo produz perda de potência, deficiência na partida e aquecimento do motor.

    . Ao verificar o nível do óleo, o motor não deve estar inclinado.

    Efetuar a troca sempre com o motor quente. Para isto, retira-se o bujão magnético, logo após ter desligado o motor e deixa-se escorrer completamente o óleo do cárter, (o motor deverá estar no nível inclinado de modo que saia todo o óleo).

    . Coloca-se o bujão magnético,(depois de estar limpo), e torna-se a encher o cárter com óleo lubrificante recomendado, até o nível superior da vareta.

    . Colocar o motor em funcionamento durante 2 (dois) minutos sem carga.

     

    B – FILTROS

    FILTRO DO ÓLEO LUBRIFICANTE

    . Substituir o cartucho a cada 160 horas de trabalho

    FILTRO DO ÓLEO COMBUSTÍVEL

    . Substituir o cartucho a cada 200 horas de trabalho.

    FILTRO DE AR (EM BANHO DE ÓLEO)

    . Limpar o mesmo a cada 50 horas de funcionamento; em ambiente poeirento, diáriamente ou cada 10 (dez) horas, trocar o óleo lubrificante da cuba,(o mesmo utilizado no cárter SAE-30), e adicionar até o nível marcado. O filtro deverá ser lavado, com óleo diesel, semanalmente. Em hipótese alguma lavá-lo com gasolina, água ou qualquer líquido quente.

    . Uma das condições primordiais que devem ser observadas ao encher o tanque de combustível, é que todos os utensílios posto em contato com óleo diesel estejam perfeitamente limpos.

    . A limpeza por ocasião do abastecimento é de importância fundamental na conservação, longevidade e bom funcionamento do motor, principalmente para o sistema de injeção.

    . Para obter-se a máxima durabilidade do filtro e dos componentes do sistema de injeção, recomendamos o uso de óleo combustível filtrado ou centrifugado.

    . Ao abastecer, tenha cuidado para não derramar o óleo, pois este será, impulsionado pela turbina através das aletas de refrigeração do cilindro e cabeçote, absorvendo a poeira do local, e formando uma pasta que, com o tempo, obstruirá a passagem de ar.

    . No caso de derramar-se óleo combustível ao abastecer, deve-se limpar o motor antes de dar a partida.

    . Se o armazenamento for feito em tambor, deve-se observar o seguinte:

    a. armazenar os tambores de óleo diesel e lubrificantes, em local protegido dos raios solares e da chuva;

    b. caso forem armazenados em pé, mantenha os tambores um pouco inclinados. Tal procedimento, evitatará a penetração de umidade pelos bujões;

    c. durante o abastecimento , evite movimentar os tambores, pois as impurezas precipitadas no fundo, voltariam a ficar em suspensão;

    d. o tubo de sucção, não deve tocar o fundo do tambor, procure deixar cinco centímetros acima do fundo:

    e. não utilize os últimos litros de combustível do tambor;

    f. nunca utilize tambores zincados ou estanhados, pois as reações químicas que se processam com estes elementos alterariam a composição do óleo diesel;

    g. durante o abastecimento do motor não retire a tela filtrante do bocal, do tanque;

    h. utilize sempre um funil para o abastecimento;

    i. durante á noite, com a queda de temperatura atmosférica, a temperatura dentro do tanque de combustível baixa, ocorrendo então a condensação de umidade nas paredes do tanque;

    Abasteça, pois, o motor no final do dia.

    LEMBRE-SE: a água e as impurezas prejudiciais ao sistema de injeção.


C - SISTEMA HIDRÁULICO

  1. Verificar diariamente a situação das mangueiras do sistema hidráulico, evitando que trabalhem prensadas ou "enforcadas".

    ÓLEO DOS SISTEMA : TELLUS - 68

    . troca a cada 1.000 horas de trabalho. (10 litros)

  2. Manter os bicos das engraxadeiras, desobstruidos e limpos. Engraxar a cada 50 horas.

IMPORTANTE

  1. Nunca deixar o tanque de combustível vazio ou sem tampa, pois a umidade condensada pode ocasionar sérios danos ao motor.

  2. Verificar todos o dias, a qualidade de graxa e dos óleos lubrificante e hidráulico.

  3. Sempre lavar o equipamento após o término da jornada diária, evitando o acúmulo de concreto, terra e outras sujeiras sobreo equipamento e seus pontos de lubrificação.

  4. Verificar o nível da água da bateria.

  5. Manter a correia no lugar e o motor de arranque funcionado.

  6. Evitar que "curiosos", "consertem", o equipamento. Consultar a Pre-Forte, antes de qualquer procedimento.

  7. O equipamento pode dispor de horímetro.

  8. Nunca dar partida "no tranco".

  9. Nunca desligar "no tranco".

  10. Não desça rampas inclinadas com a caçamba carregada, de frente, pode haver capotamento. Desça de ré, com marcha reduzida (1a. ou 2a.)

  11. Ao carregar a caçamba, acione o freio de mão, e desça do dumper, evitando a queda de materiais no operador.

  12. Não ande com o pé no pedal da embreagem, isto ocasiona o desgaste acelerado do sistema.

  13. Não deixe acumular terra, concreto ou outro material no chassi, LAVE o dumper todos os dias.

  14. Observe ao rodar o dumper, para não passar com o pneu em objetos que cortem ou furem. Procure andar sempre com os pneus cheios.

  15. Não sobrecarregue o equipamento além de sua capacidade, pode ocasionar danos ao sistema de direção, eixos e freios.

  16. Ao desligar o motor, desligue a chave de ignição, caso contrario, descarregará a bateria e queimará o alternador.

Quaisquer outros esclarecimentos, poderão ser prestados imediatamente pela PRE-FORTE.

gif

Máquinas e Equipamentos para Construção Ltda.

Rua Valdemar Martins - n 828 - Vila Vanda - São Paulo - SP

CEP: 02535-001

(11) 3926-0800

www.prefort.com.br

face orkut twitter youtube